O Instituto ecológico Búzios Mata Atlántica (IEBMA), está sediado na reserva na Praia das Caravelas. É uma instituição criada em 1995 por Hudryk, Janis Roze, Amanda Carlo Bernal e outros; tendo em vista a preservação do meio ambiente e assegurar que o futuro de Búzios seja verde. Na busca de conservação no exterior, eles descobrem que o mesmo esforço deve ser feito dentro de si; dessa maneira, enriquecem espiritualmente. Encontrado muitos aliados neste e em outros planos dimensionais. Seres de luz, mestres, devas e muitos outros que os transformam e dão uma visão do que se quer alcançar aqui.

Conseguem classificar esta zona como Área de Proteção Ambiental Pau Brasil (Pau Brasil é uma espécie arbórea encontrada na área), ter um centro de formação e desenvolvimento de restauração e preservação de espécies vegetais e animais na área, bem como promover o ecoturismo local.

Um dos primeiros voluntários e diretores IEBMA, Leonardo Sandre, é atualmente guarda parques e está a cargo da reserva ecológica que rodeia o hotel (Parque Costa do Sol). Melissa Prochnick, atual vice-presidente, tem uma destacada tarefa em relação ao Iebma com a comunidade de Búzios e a educação ecológica.

IEBMA conduziu programas de recuperação de espécies, tais como de pinguins, macacos, pássaros selvagens etc. e tem estado presente nos meios locais e nacionais do Brasil.

O IEBMA incorpora a pesquisa ecológica da Mata Atlântica, atividades e programas para facilitar a expansão da consciência, o crescimento individual, a melhoria da qualidade de vida, equilíbrio e saúde, a transformação sócio-cultural e promoção do turismo interno-externo.

O IEBMA é uma organização para o estudo abrangente da relação entre o homem e o ambiente, que visa promover e participar em actividades que visam a preservação e proteção da fauna, flora e ecossistemas, e pesquisas relacionadas à restauração da mesma.

Temos um lugar para conferências e exposições, pioneiros na técnica de educação ambiental. Uma maneira de ensinar sobre a natureza, ecologia, a lei, e outras questões, enquanto os visitantes podem fazer um agradável passeio com guias especializados e desfrutar de toda a beleza local, que tem segurança e respeito por esses ecossistemas.

Desde 1998, o IEBMA, sediado em Búzios, produziu com direção de Roby Massarotto, documentários de Janis Roze e várias figuras mundiais (Be Human, The Serpents, Genetic Rivers) e séries de TV (O ser humano e o sentido de ser humano) vistos por milhares de pessoas ao redor do mundo pela Directv, Infinito, Canal 13 Argetina, SBT Brasil, Rai Itália, entre outros.